segunda-feira, 26 de outubro de 2009

E afinal, qualé a do Culturanja?

Os dissidentes dos Power Rangers, Bruno, Lobão e Nevilton se juntam numa nova força, o Culturanja.


Pois é, ainda envolvido nos arquivos culturânjicos, encontrei desta vez uma entrevista que os adoráveis Culturanjers deram para a sessão Ponto de Vista da página Qual é a Sua?, de Achiles Delari Junior, no jornal umuaramense A Tribuna do Povo. A entrevista foi publicada no dia 13 de abril de 2008 e está aí embaixo, do jeitinho que saiu no jornal, o que inclui a foto com o grande Sócrates, essa arte psicodélica do Nevilton e alguns lances subliminares marotos. Uh-lalá!

Ponto de Vista:




O Grupo Culturanja vem tomando iniciativas interessantes no campo da cultura em nossa cidade, como seu blog, publicação de artigo no Espaço do Leitor d’A Tribuna e sua "literatura de bolso". Além disso, participou na Conferência Municipal de Políticas Públicas para a Juventude, defendendo uma “ideologia do bom humor” e da “participação”, sem postura política definida.




Qualé?: Como e quando surgiu o grupo Culturanja, quem o compõe, e quais os seus objetivos?

Culturanja: Surgiu da necessidade de um meio para publicarmos o que vínhamos produzindo, com isso acabaríamos incentivando outras pessoas a tentarem fazer o mesmo e no final teríamos mais manifestações artísticas e culturais na cidade. O grupo é composto por Nevilton de Alencar, Tiago Inforzato, Bruno Peguim e outros amigos interessados em se expressar.


Qualé?: Quais as atividades ou táticas atuais do grupo no sentido de cumprir com os seus objetivos?

Culturanja: Temos um site com resenhas e contos, abrangendo vários temas, e a versão impressa, em formato de “leitura de bolso”, que distribuímos nas ruas e em eventos culturais da cidade.


Qualé?:Qual foi a participação do Culturanja na Conferência Municipal de Políticas Públicas para a Juventude e qual tendência política e ideológica vocês defenderam lá?

Culturanja:
Distribuímos um manifesto que, além de parabenizar os que participavam, incentivava as pessoas a serem ativas, a continuarem com aquelas práticas de pensar, planejar, debater, votar e mudar o estereótipo de “brasileiro acomodado”. A ideologia é a do “bom humor”, insistindo em lembrar as pessoas que há coisas para se votar e participar, que são mais importantes que o “paredão do Big Brother”.


"Nevilton, Sócrates, Tiago e Bruno."

Qualé?: Diz-se que “a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte” e concordamos. Mas o que vocês pensam dos que omitem que comer é essencial e falam como se pudéssemos viver só de discursos?

Culturanja:
Pois é, acreditamos que eles têm o direito de pensar o que bem entenderem, desde que não atrapalhem os que estão fazendo algo concreto para melhorar suas vidas.


Qualé?: O que mais, de interesse de vocês, poderia ser acrescentado ao que foi dito antes?

Culturanja:
Gostaríamos de agradecer ao espaço do “Qual é a sua?”, que também está divulgando o que se produz localmente, colaborando assim com a movimentação artistica e cultural de Umuarama e região.


Qualé?: Poderiam deixar referências para o leitor estabelecer contato?

Culturanja:
S.I.M.! Temos o www.culturanja.blogspot.com, o e-mail: culturanja@gmail.com e a versão impressa, distribuída nas ruas, bares e aglomerações culturais mais próximas de você!


Ps: Vejam quando essa história começou, clique aqui.


4 comentários:

Caroline disse...

Power, Power, PowerRangers
Power Rangers têm a força, hey!
Power Rangers são heróis, hey!
Juntos eles formam o poderoso Megazord
O mundo precisa de vocês!!!


ahuahauhau ;D

Junior Bellé disse...

Cara, Power Ranger me lembra mulher, não façam isso hahaha

Caroline disse...

hauhauhuahauhau....

Caroline disse...

;x